ZFM EM DEBATE E POLÍTICOS SAEM EM DEFESA

REDAÇÃO AgênciaNorte

www.agnorte.com.br

O tema nunca será de menos. Pelo contrário, discutir a Zona Franca de Manaus (ZFM) é papel de todos amazônidas. Ou seja, defender este nosso sistema de crescimento econômico é algo que deve ser feito por todos os políticos do Norte, porque o bem da existência da ZFM para a Amazônia é algo estratégico para o nosso país...Porém, sofremos agressões de parte de um Brasil, que insiste em não entender este nosso modelo.

Diante disto, em mais um embate, o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), deputado Josué Neto participa do Seminário “A importância da Zona Franca de Manaus para o crescimento do país”. O evento acontece em Brasília (DF), nesta quinta-feira (11) e é promovido em conjunto pelo jornal Correio Braziliense e a Academia Brasileira de Direito Tributário (ABDT), à partir das 9h no auditório do Tribunal de Contas da União (TCU).

Josué Neto afirma que todos os esforços em defesa do Modelo Zona Franca de Manaus devem ser feitos pelos parlamentares da Amazônia Ocidental.

“Este evento é mais uma oportunidade de mostrar as contribuições da ZFM para o Amazonas e para o restante do país. Não estamos falando de um simples modelo econômico. Estamos falando da base de sustento de quase 4 milhões de pessoas. Sem a ZFM é muito provável que não tenhamos a produção industrial que temos. Isso significa desemprego em massa, exploração da floresta e despovoamento do Amazonas. Não podemos abrir mão da ZFM e muito menos permitir que se prolonguem as ameaças a ela. Essas ameaças geram insegurança jurídica, fazem com que os investidores queiram sair daqui e afastam novas possibilidades de investimentos”, disse Josué.

O evento será dividido em três painéis de debate: “A ZFM e o crescimento da região amazônica”; “O papel da Suframa”; e “O sistema de créditos na ZFM: O crédito negativo”.

O evento também terá a presença de peso de mais políticos da bancada amazonense, como o governador Wilson Lima, do prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB), do senador Eduardo Braga (MDB), e dos presidentes de entidades de classe da indústria no Amazonas, Wilson Périco (CIEAM) e Antônio Silva (FIEAM).

“Sabemos do compromisso do presidente Jair Bolsonaro em garantir ao Modelo Zona Franca de Manaus sua competitividade com a manutenção dos incentivos fiscais, mas acima de tudo, de dotar o país de condições comerciais propícias para receber mais investimentos”, afirma Josué.

...

Com Ascom Dep. JN


Imprimir   Email