ban pref mao out 18

b pref mao

MAIS DE 100 TONELADAS DE LIXO DA PONTA NEGRA

...Operação de limpeza retira 106 toneladas de lixo... 

Um total de 106 toneladas de resíduos foi recolhido pela Prefeitura de Manaus e transportado ao Aterro Municipal e mais 1 tonelada foi recolhida pelos catadores de resíduos recicláveis nos três pontos de festa do Réveillon de Manaus.

A operação de limpeza pela Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp) iniciou às 6h do primeiro dia de 2018, com foco principal nos pontos de festas da Prefeitura de Manaus. A limpeza retirou do Amarelinho (bairro Educandos, zona Sul) 14 toneladas de lixo, mesmo volume recolhido no Viver Melhor 4 (zona Norte). Já no Complexo Turístico da Ponta Negra, local de maior concentração popular na virada do ano, foram recolhidas 54 toneladas de resíduos. A festa no shopping Phelippe Daou, no bairro Jorge Teixeira, na zona Leste, gerou outras 24 toneladas de lixo.

Para essa atividade, aproximadamente 200 trabalhadores se dividiram no primeiro mutirão de limpeza do ano, que contou com o apoio de botes, balsa de coleta, retroescavadeira hidráulica e remoção mecanizada dos resíduos. “Entrar o ano com a cidade limpa é dever da Prefeitura de Manaus. É também uma determinação permanente do prefeito Arthur Virgílio Neto que a cidade passe por limpeza após os grandes eventos. Dessa forma, a limpeza começou o ano privilegiando os pontos de maior movimentação popular”, pontuou o secretário da Semulsp, Paulo Farias.

Na Ponta Negra, além do palco, calçadão e das vias, as equipes de limpeza ainda passaram pela praia, com o cuidado de monitorar e retirar algum resíduo que estivesse perto ou dentro do rio.

Coleta seletiva

Durante as festas, vinte e cinco catadores prestaram serviço de coleta seletiva nos três locais oficiais de festa do município, com 15 catadores na Ponta Negra e outros 10 divididos entre Amarelinho do Educandos e Shopping Phelippe Daou.

Os resíduos recicláveis coletados foram diretamente para os grupos representados nas festas. Os principais materiais recolhidos foram latinhas de alumínio, papel, papelão e plásticos. “Consideramos muito positiva a participação dos catadores novamente. É um dos grandes compromissos do prefeito Arthur Virgílio Neto inserir, cada vez mais, esses profissionais no cotidiano da nossa cidade”, lembrou o secretário da Semulsp. 

Exibindo IMG-20180102-WA0035.jpg

Durante a festa na Ponta Negra, foram recolhidos 521 quilos de materiais. No Amarelinho do Educandos, 45 quilos foram gerados. Já no Shopping Phelippe Daou, os catadores recolheram 127 quilos.

ban zona 

ban gov am

 

sarampo susam

agnorte logo02

© 2015 Agência Norte Online. All Rights Reserved. Designed By HM