DAVID FALA SOBRE PREÇOS ASSOMBROSOS DO GOVERNO

...Uma versão de fatos de quem viveu meses diante do que é uma máquina estatal e seus sujos interesses.... 

REDAÇÃO AgNorte

www.agnorte.com.br

Por Marlen Lima

Quando ainda governador interino, o dep. David Almeida, presidente da Assembleia Legislativa do Estado (ALE), fez algumas revelações, que até na hora de falar ele fez uma pequena pausa, para refletir bem, ordenar os pensamentos, mas, ele rapidamente disse que mexeu muito com interesses alheios, quando decidiu fazer cortes de contratos, revisar pagamentos, e ele deu como exemplo, a cobrança do preço do KM que era cobrado para o asfaltamento das pistas tanto na Capital como no Interior, o preço cobrado em materias na área de Saúde. Valores assombrosos.

David lembra que existe muitas dívidas na Saúde, e ao assumir, ele pôde mexer em pelo menos 62 pequenos contratos, que foram revistos, e que o governo interino provou ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) aprovou que se fosse feito novas licitações, e isto gerou uma economia de 40 milhões.

Segundo David, era simples, e bom só o para quem tinha contrato superfaturado, porque ao assumir sua administração estava só pagando por indenização desses pequenos contratos na Saúde. "E não podia continuar assim. Todos os contratos precisam ser relicitados", afirma o presidente da ALE.

Na rede hospitalar, David informa que havia muitos contratos de 60 mil reais para gaze, por exemplo, mais 50 mil para outra atividade, e tudo isto em valor mensal. "E no Hospital Adventistas, por exemplo, se gasta 12 mil por ano para mesmo serviço que na atividade pública!", disse o ex governador, que destaca que apesar de mexer num vespeiro e com muitos interesses alheios, e de sofrer enorme pressão, "eu fui impedido de continuar a cortar isto! Porque podemos mexer, repactuar contratos, e ao fazermos isto se economizou 315 milhões, e foi com esta economia que fizemos o que fizemos, e isto incomodou muita gente, porque é possível fazer um estado melhor, é possível administrar o Amazonas com os recursos que tem, e fazer melhores investimentos", garante David.

Ainda na baila de exemplos do que antes era feito da administração do Governo David Almeida, as vicinais no Interior, "o KM em nosso governo custava cerca de 243 mil reais, 250 mil...Mas, sabe quanto custava antes? 500 mil a 600 mil e às vezes até 800 mil o KM!!!", destaca ele assombrado.

Esses dados devem fazer parte do discurso que David Almeida poderá apresentar nesta sessão de terça, 10, quando retoma os trabalhos legislativos.

A verdade que essas pequenas informações de como funciona uma máquina estatal é de assombrar ao vermos que os valores são, e muito, superfaturados justamente para atender a uma política sórdida, suja, em que a corrupção vai se alastrando e isto tira dinheiro que poderia ser melhor investido na Saúde, na Educação, na Segurança, na Infraestrutura do Estado para o bem da população.

Vergonhoso saber que o professor José Melo, tão ético se dizia, baixava os olhos para tantos atos repletos de suspeição de malversação do dinheiro público, e isto era feito nas sombras da reles política de vários governos...

ban gov am
sebra dir

parente fm

 

 

BAN DOWN INTERNO
© 2015 Agência Norte Online. All Rights Reserved. Designed By HM