...Duas mulheres, mas cada uma com números opostos quando a avaliação popular expõe o extremo de aprovação e rejeição da governadora Suely e a prefeita Teresa...

REDAÇÃO AgNorte

www.agnorte.com.br

Por Marlen Lima

São duas mulheres que comandam o Estado. Mas, em Roraima ainda temos uma terceira mulher que está à frente da Justiça. Ou seja, Roraima é o único na federação em que o seu comando está nas mãos das mulheres - a governadora Suely Campos, a prefeita de Boa Vista Teresa Surita e a desembargadora Elaine Bianchi. Porém, enquanto duas delas navegam em rios favoráveis, tendo a aprovação popular de seus trabalhos, uma tropeça em números risíveis.

Explico...

Suely foi eleita porque Neudo Campos, hoje em prisão domiciliar, não pôde mais ser candidato. O povo aceitou e a elegeu no lugar do seu marido.

Teresa foi eleita em 2012, após ter deixado a prefeitura em mãos que achou confiável, quando ela saiu seu vice assumiu, Iradilson Sampaio, mas de forma ridícula fez uma administração pífia. Projetos de sucesso foram deixados de lado, foram tratados sem o devido olhar. Teresa teve que voltar e desde 2013, quando assumiu pela quinta vez o mandato de prefeita, tem colocado Boa Vista de volta aos trilhos de um olhar realmente comprometido com a qualidade de vida da população.   

Assim, quando foi para a reeleição, Teresa teve o quase absolutismo do eleitor que ao final do pleito ficou claro quando mais de 70% da população votou para que ela continuasse o seu trabalho de sucesso à frente da Prefeitura. Os projetos municipais têm levado além o nome de Boa Vista, que tem ganhado prêmios nacionais e internacional quando se fala em cidade que oferece ao seu cidadão uma excelente qualidade de vida. Os números comprovam isto.

2018

Assim, tem sido natural que nas pesquisas informais, e oficiais, o nome de Teresa Surita surja para que nas eleições para o Governo em 2018, ela saia candidata.

Suely Campos já disse que vem para a reeleição. Mulher de fibra, determinada, ela acredita que poderá reverter os miseráveis números que não chegam a duas casas de aprovação. Existem pesquisas que a governadora surge com pouco mais de 4% de aprovação...

Bem, e ao vermos os números, estes agora oficiais, de uma pesquisa feita pelo Instituto Norte de Pesquisa (Inop), revelam que 47,90% das intenções de votos seriam para Teresa.

Suely.... Bem, a governadora aparece com míseros 4,19% de intenção dos votos.

Cedo para dizer se estes números se manterão até meados do ano que vem?!

Sim, é cedo, porque em política o povo se move com os fatos recentes. Agora, existe apenas uma certeza, esse mesmo povo diferencia muito bem quem é quem. Ou seja, a população sabe e vê o trabalho de Teresa, o mesmo não se diz de Suely e seu governo.

 

ateresa e suely

Nesta pesquisa do Inop é bom que se ressalte, em todo quadro posto Teresa ganha de seus adversários com números para lá de superiores. Teresa é eleita num primeiro turno com folga contra qualquer político que aparece na pesquisa. Veja abaixo.

E olha que Teresa até o momento diz que o momento não é de se falar em eleição do que vem. Ela se nega a afirmar algo, segundo fontes, justamente porque de fato a prefeita acredita que agora é hora de apenas manter o foco no trabalho que está sendo feito por Boa Vista, concluindo obras importantes, e dar ao povo da Capital o que lhe é exigida, a solução de velhos problemas que a cidade enfrenta, caso do Beiral, que num atitude de coragem, determinação, a prefeita avança em projeto habitacional, social e cultural que será mais um novo marco para Boa Vista, para Roraima - o Parque Rio Branco. 

ADVERSÁRIOS

Contra Teresa Surita, o Inop revela que ela ganha de possíveis candidatos como: José Anchieta (12.33%), Ângela Portela (6,93%), Mecias de Jesus (4,89%), Jalser Renier (4,72%), Luciano Castro (3,78%), Telmário Mota (2,03%), Airton Cascavel (1,68%), Parima (1,68%) e Oleno Matos (1,74%).

O interessante que nesta pesquisa, mostra um eleitor antenado. Apenas 2,38% disseram não saber em que votar; além de votar branco; e dos votos nulos apareceram 3,32%; e dos indecisos foram 2,44%.

Por fim, os números são claros, e enquanto Teresa navega no reconhecimento popular, crescente, Suely surge com uma administração que é vista como: Péssimo (42,61%), Ruim (19,93%) e Regular (17,89). Os números contrários a estes, em que pessoas apontam positivamente são: regular (0,11%), ótimo (1,39%) e bom (8,49%). Ou seja, 13,8% dos roraimenses aprovam a administração de Suely, e 75,81% desaprovam seu trabalho.

Bom, final de ano chegando, e se esses números permanecerem, e no primeiro trimestre de 2018 algo próximo disto continuar apontando a falência do governo estadual, aí, de fato, Teresa terá que rever todo o seu projeto, que ela continua afirmando ser o de seguir trabalhando à frente da prefeitura. Porém, o grito do povo é forte, e o clamor por mudanças é alto, e sabemos que Teresa jamais deixou de ouvir o seu povo. 

 

parente fm

 

OUT ROSA PREF MAO

© 2015 Agência Norte Online. All Rights Reserved. Designed By HM