PREFGOV 4 M

.... Não se pode ir a uma caçada às bruxas onde todo e qualquer ato político é ilegal, ilícito...A Globo peca, erra ao banalizar o geral...

REDAÇÃO AgNorte

www.agnorte.com.br

Por Marlen Lima

Olha só. 

Não é ir em defesa da politicagem. jamais, loge disto...Mas, nem tudo na política é sujo.

A reportagem do "Bom dia Brasil" da Tv Globo, desta segunda, 19, veio com material que equivoca, quando mostra deputados usando a verba indenizatória (recurso pago para o uso do parlamentar para gastos com ligações telefônicas, passagens e outras despesas) para aluguel de jatinhos, e são vistos participando de campanhas políticas, em seus redutos eleitorais, nas chamadas "bases".

Oras, em tese, isto é, sim, um ato político e dá ao político, o deputado todo o direito de participar. O que não pode é que isto seja algo unicamente em ação de campanha, ou seja, que ele gaste o recurso só para estar em um comício eleitoral, por exemplo.

Mas, nesta baila e pegos de surpresas, os deputados temeram, tremeram e vai lá que tenha, sim, e até alguns que realmente foram flagrados atuando de forma torpe com o recurso da verba indenizatória, pois tivemos gente que gaguejou, recusou ter feito tal ato, tentou desmentir mesmo ainda quando o repórter tenha confrontado com dados, om documentos, onde, por exemplo, na própria página no Facebook do político, deputados confirmam que teriam viajado naquele dia e participado naquele dia de comício eleitoral.

Mas, insisto, teve político que falou que pagou pela viagem, mas não esteve em ato único de campanha eleitoral de terceiros, mas, sim, também esteve em outras atuações. E nisto, revela quanto tênue é este tipo de caso e que deveria ter sido feito com mais responsabilidade pela TV Globo. Esta que tem a obrigação de atuar de forma mais limpa, e não ficar agindo num ato em que se quer só difamar o legislativo.

Sabemos que vivemos tempos difíceis, em que não só a política nos enoja, e muito, mas, o judiciário também.

Porém, nem tudo na polítca não presta, bem como nem todo juiz é sujo!

Pela minha experiência de jornalista, e de ter já ter trabalhado no Congresso Nacional, como repórter e assessor de imprensa, o procedimento usado pelos deputados federais não é errado. Não é ilegal. Na real, o Regimento Interno da Câmara é que deve ser mais claro, e do jeito que está deixa brechas para os políticos mal intencionados. E isto não é nehuma novidade, e parabéns ao grupo de pessoas que se dão para dar ao parlamento mais transparência, e denunciar atos espúrios.

Mas, verdade seja dita é que os senhores políticos, seja a escala do poder em que se encontram, têm uma primazia que o resto do trabalhador brasileiro não tem, e isto é que é errado. A própria verba indenizatória deveria ser algo expurgado, deveriam, os senhores deputados, já, terem excluída a verba ou tivessem dirimid mais a sua atuação.

SÓ UM LADO

Assim, repito, sem querer defender a politicagem, os políticos em sim, mas, a Globo peca.

Vejamos que o deputado em si, o político em si, está em trabalho sempre que sai de casa, em sua maioria esmagadora do seu tempo ele está em ação. Ir ao Interior com ou sem campanha eleitoral é algo natural.... Agora, repito, se ficar comprovado que realmente que ele só viajou para ir a um comício, e isto ficar explicito, claro que deve ser punido.

Mas não se pode é agora sair a uma caça às bruxas...Onde todo e qualquer ato político é visto como algo suspeito, ilegal.... Vamos lembrar que o parlamento, em toda sua estrutura federal ou estadual, tem gente ética, correta.

A imagem pode conter: 4 pessoas

O deputado Átila Lins, um decano, uma raposa da política amazonense, é o mais antigo parlamentar do Esatdo que está na Câmara Federal, com mais de 7 mandatos consecutivos no Congresso, que tem sua atuação impecável, e jamais foi alvo de algo irregular no seu trabalho.

Porém, pego de surpresa, vimos que o deputado não se explicou melhor. E isto parece que era o real intuito da reportagem, constranger seus entrevistados, e colocar todos numa baila só, a da sordidez, a do lamaçal da política escusa.... Isto não é papel da imprensa, não somos juízes! Devemos, sim, noticiar, e denunciar os desmandos, o ilegal, mas, não querer desmoralizar a política como se todos nela fossem bandidos!

Eu creio!

parente fm

pref jun

© 2015 Agência Norte Online. All Rights Reserved. Designed By HM