PREFGOV 4 M

.... Uma eleição cheia de surpresas, desde o que ela surgiu, quando a política jaraqui tem se revelado repleta de trairagens, caciques para todos os gostos, vaidades e invejas de sobra...

REDAÇÃO AgNorte

www.agnorte.com.br

Por Marlen Lima

Olha só.

Desde que caiu, José Melo ainda não deve ter aceitado bem o que lhe aconteceu.

Talvez por não saber o que, de fato, está acontecendo na política brasileira, e no nosso quintal, já que a onda Lava Jato aqui também já chegou. E a população quer é mais transparência, mais respeito e políticos que honrem a história de seu povo.

Isto é dito porque o governador cassado, a se confirmar, está decidido a estreitar mais e mais os seus laços, mas não com aquele que sempre foi seu maior escudeiro, o hoje governador David Almeida, que no Governo Melo foi seu melhor Líder na ALE.

Tudo isso é dito porque circula a informação que José Melo decidiu, também, estar em campanha para Negão Governador. Agora Melo é 12!  

Assim, parece que quesito lealdade José Melo não sabe o que de fato isto significa.

Tudo indica que Melo mexe seus 'pauzinhos' no Governo, e exige apoio para Amazonino Mendes nas frentes da polícia Civil e do Comando da PM. Isto porque Melo e sua esposa tem mantido reuniões diárias com o delegado Geral da Polícia, Francisco Mendes e gente de peso do Comando da PM, leia-se Cel. David Brandão, todos em apoio declarado para Negão.pm am

Vamos lembrar que foi justamente por conta de mandar que o Comando da PM exigisse votos para ele, José Melo, na eleição passada, que resultou na sua queda como governador. Mas, eis que reuniões diárias estariam sendo feitas com os militares e civis, pedindo voto para o 12.

Claro, que o governador cassado pode, sim, apoiar quem ele bem entender, mas seria mais ético, mais respeitoso que ele fizesse um anúcio público que vai atuar em campanha eleitoral, e porque defende tal voto.

Esta seria uma postura de um homem público sério, que acima de tudo honra especialmente aquele que tanto o defendeu no Legislativo, foi seu Líder, e hoje estar Governador. Seria uma atitude de honradez, mas, honra em política é ato falho para muitos, e Melo hoje se encaixa nisto. (Lembrando que Melo sempre foi o Mestre das surdinas, especialmente em campanhas eleitorais, quando era o homem da mala)

braga e ramos

P.S

E se não bastasse a máquina estatal estar sendo toda arqueada para atender a grupos diversos da política, a SEAS - Secretaria de Estado de Assistência Social do Amazonas, tem Regina Fernandes, fortíssima servidora que tudo indica que agora é Eduardo Braga, porque reuniões, segundo fontes, acontecem na pasta para pedir voto ao peemedebista.

Isto porque Regina foi, é, Marcelo Ramos, e na eleição passada ela estava à frente de sua campanha ao Governo. 

parente fm

pref jun

© 2015 Agência Norte Online. All Rights Reserved. Designed By HM