REDAÇÃO AgênciaNorte

www.agnorte.com.br

Por Marlen Lima

Como já foi dito por aqui, em tempos de eleição Roraima pode ter de tudo, e a máxima de que até boi voa na política macuxi é algo que nem surpreenderia o eleitorado damorida.

Digo isto porque basta chegar a eleição que agora as notícias falsas, as boatarias tomam conta, que também vem em novo formato, as 'fake news' - posts mais elaborados de muita mentira....E isto é algo que todos de bem devem combater contra e trabalhar pela real notícia, a verdade dos fatos.

Caso que pode ser bem exemplificado agora é o que acontece com o senador Romero Jucá, um dos campeões que mais sofre ataques 'fakes'. O último post é informado mentirosamente que o senador teria criado uma PEC, uma emenda à Constituição, onde faria que os venezuelanos de Boa Vista possam também votar, isto para as eleições de 2020.

De forma tranquila, serena, Jucá tem usado de suas redes sociais para desfazer a mentira, e explica que ele jamais defendeu ou criou tal PEC. De verdade é que de fato existe uma emenda a ser debatida no Congresso, mas, esta foi apresentada por um senador de São Paulo, e isto foi em 2012. Jucá afirma que caso tal PEC, que daria aos venezuelanos o direito de votar em solo brasileiro, ele é totalmente contra isto, "não vai passar!". 

Mas, bem, o artigo de hoje não é para tratar apenas desse mal chamado 'fake news', mas, sim, de uma decisão judicial que mostra mais é o despreparo político de um pré-candidato a candidato de candidato ao governo que recorre à Justiça para que se impeça que uma empresa, legal, ética, e de trabalho respeitado faça o seu serviço, que nada mais é o de mostrar a real fotografia do momento eleitoral, tudo isto através de pesquisas.

Num primeiro momento tem certos políticos, e aqueles pré candidatos a candidatos que entram na política, mas já o fazem de forma trôpega. Deslizando em quiabos que não deveriam estar assim, dando tanta dor de cabeça.pesquisa grafico

NADA É IGUAL

Podemos ver, sim, institutos de pesquisas a serviços de politicagem, mas, nem tudo que é porcalice, vamos ressaltar que há profissionais, pessoas sérias, comprometidas com os reais fatos em empresas de respeito. É bom que se diga que como na politica não se pode dizer que todos são corruptos, no meio da política existem, sim, pesquisas que atendem ao seu único objetivo, o de revelar o que o eleitor pensa naquele momento, naquela hora o que ele quer. 

Uma certa pré-candidatura ao Governo recorre a Justiça para silenciar uma empresa de pesquisa só porque agora os números não lhe agradam...No começo do ano a mesma empresa serviu...Ali, os números agradavam, então, serviam...Agora, quando se mostra uma queda permanente, acentuada, o tal método que antes foi bem pago, agora não serve mais, e o melhor a fazer é recorrer a pressão jurídica para silenciar tais pesquisas.

Bom, isto só nos leva a pensar que tipo de governante, porventura, teríamos com uma pessoa que não aceita o contraditório...

Para o bem de todos devemos lembrar a certos incautos que a democracia é justamente isto, a reverberação dos contrários, da discussão, do debate, respeitoso, ético, transparente...Sempre!

Sim, cabe a Justiça impedir abusos e falsetes, atender ao que se preze de respeito às leis, e ao regime democrático, porém, jamais deve-se calar a liberdade de expressão... E daqui da Colina, o AgênciaNorte agnorte.com.br - se posiciona contra todo e qualquer manifesto autoritário que queira silenciar a verdade dos fatos!   

P.S - Senhores pré candidatos, lembrem, pesquisa não morde! O que morde é o seu dinheiro mal empregado...Bajulador também não ajuda...

 

ban gov am

 

agnorte logo02

© 2015 Agência Norte Online. All Rights Reserved. Designed By HM