Domingo, 22 Março 2020 16:29

CASAL COM CORONAVÍRUS E BESTIALIDADES

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde) informa que foram registrados os dois primeiros casos CONFIRMADOS para o COVID-19.

REDAÇÃO AgNorte.com.br

POR MARLEN LIMA

Em nota na sua página na internet, o Governo Denarium informa sobre a chegada dos primeiros casos de coronavírus, que, se mais cautela, poderia, sim, ter sido evitado sua chegada por agora - ainda mais vindo de fora trazido por quem é de Roraima - uma bestialidade que poderia, sim, ter sido evitada.

...

Trata-se de um casal, um homem e uma mulher, que retornaram de uma viagem a São Paulo, no dia 11 de março, e apresentaram sintomas gripais, dois dias após a sua chegada em Roraima.

Inicialmente procuraram atendimento na rede particular, onde foram orientados a fazer os exames na rede pública.

O material foi coletado no dia 19, por uma equipe da rede municipal de saúde, que ficou responsável pela notificação dos casos e acompanhar o isolamento domiciliar e monitorar os pacientes.

O material foi enviado ao LACEN-RR e divulgado no final da tarde deste sábado, 21, pela direção do LACEN-RR, que é o laboratório de referência em Roraima, para a realização do exame.

PROTOCOLOS

A Sesau ressalta que seguindo os protocolos do MS (Ministério da Saúde) serão realizados exames para contraprova no IEC (Instituto Evandro Chagas), no Estado do Pará, conforme preconiza o Ministério da Saúde.

A Sesau reforça que todas as demais medidas de controle estão sendo realizadas. E reitera à população que siga as recomendações do Ministério da Saúde, quanto ao isolamento domiciliar e cuidados com a higiene.

REDAÇÃO AgNorte

Cabe aqui destacar que todos estão sujeitos a pegar este vírus.

Porém, os cuidados também devem ser redobrados de todos aqueles mais responsáveis, e especilamente para os que viajam, ou tendem a chegar de viagem, ainda mais vindo de localidades onde a propagação do vírus corona é ainda mais acentuada.

Não se condena o casal que hora está acamado, porém, sua atitude em não buscar hospitais antes de viajar reforçou esta mazela do `ser humano, que acha mesmo que 'jamais vai acontecer comigo'... O casal poderia, sim, ter sido mais cautelosos, mais responsáveis, e evitado tal propagação. Devari, sim, ter exigido das autoridades de Saúde de São Paulo, que lhe fizessem exames, em todos, justamente porque viajariam. 

Propagação deste coronavírus já era esperada, e é certa que vai crescer mais ainda...E contra isto nada pode ser evitado, o que se intriga ainda é o cabôco agir como se fosse intocável, é irresponsável agir em não tomar as devidas e necessárias, obrigatórias precauções e cuidados com higiene, com a vida e a do seu próximo.

Mas, uma vez que este coronavírus pode crescer mais e mais é preciso que se diga que isto acontece por justamente atos irresponsáveis, inconsequentes, e desrespeitosos consigo, com a sua familia, e demais população, em especial aos idosos.

Agora, tanto quanto pior é vir uma entidade como a OAB/RR, em sempre querer defender, às vezes num casualismo tremendo, o que acaba pregando a defesa onde nem sempre é a melhor opção, mas, sim, o silêncio!