SAMPAIO FICA OU NÃO COMO LÍDER?

...E falando em Soldado Sampaio, fontes comunistas da esfera da Executiva Nacional garantem que da parte do PCdoB não há nenhum empecilho...

REDAÇÃO AgênciaNorte

www.agnorte.com.br

Direto de Brasília - Especial

Por Marlen Lima

Olha só.

Vamos aos fatos.

O deputado Soldado Sampaio foi convidado para ser Líder do Governo na Assembleia Legislativa de Roraima (ALE/RR) numa decisão do governador Antônio Denarium, que apesar dos esforços do deputado Coronel Chagas, este não conseguiu agradar nem a base aliada governista, e muito menos servia aos oposicionistas. Pior de tudo, Chagas cai em desgraça nas mãos do presidente da ALE, dep. Jalser R, que é quem tem dado todas as cartas no legislativo.

Numa ação que já vem há tempos sendo namorada, o legislativo (leia-se o R tendo como comandante do azeitamento mais que discreto do parlamento com o Governo Denarium) trabalha movimentos políticos, os mais recentes, onde se têm anuência palaciana quando tudo passa com o sinal verde vindo do gabinete do Chefe da Casa Civil, Disney Mesquita.

Oras, se o leitor entender que o braço direito do governador não age sem o 'ok' do governador, e não age, temos aí alianças políticas que estão, sim, sendo construídas num projeto realmente maior em prol de se recuperar o Estado numa unidade política como jamais vista.

Daí, nisto se ter até um Líder sendo de um partido comunista.

BRASÍLIA

E falando em Soldado Sampaio, fontes comunistas da esfera da Executiva Nacional garantem que da parte do PCdoB não há nenhum empecilho para que o deputado se mantenha como Líder de Governo de Antônio Denarium, este sendo do PSL, de Jair Bolsonaro, presidente da República.

O que existe no ar, e é de parte mais específica de membros ligados a Executiva Nacional do PSL, sendo da ala militarista, não vê com bons olhos um comunista na liderança de um governo.

Mas, o que o AgênciaNorte apurou é que até o momento não há nada de oficial do PSL contra o deputado Soldado Sampaio continue Líder, e muito menos nesta passagem (semana de 24,25,26, 27/3) do governador Denarium por Brasília (DF), em que o seu partido tenha lhe chamado atenção para tratar sobre este tema de sua liderança na ALE.

"Não houve nenhuma discussão sobre isto". Afirmação vem do secretário de Comunicação do Governo, Marquinho Marques, que esteve acompanhando o governador Denarium em todos os encontros, e reuniões.

PRESIDENTE

Da reunião na Câmara Federal na Liderança do PSL, Antônio Denarium apenas foi oficializado em se manter Presidente Regional do PSL, e a única mudança ocorreu que Disney Mesquita deixa a Vice Presidência para que o deputado federal Nicolleti assuma esta vaga. No restante da composição da Diretoria Regional do PSL/RR, esta ainda será montada pelo governador, onde Disney continuará tendo o devido destaque.

Do lado oficial do governador, o que se sabe é que Denarium ainda não conversou com Sampaio, a quem em conversas reservadas não poupa elogios afirmando que Soldado foi escolhido para ser Líder porque tem a humildade que representa bem este atual governo, além de estar se mostrando um forte articulador político, atuando de forma positiva em todas as frentes partidárias dentro da ALE, especialmente numa excelente relação com Jalser R. Este que como mantém em mãos de ferro seus aliados deputados, garante hoje uma maioria absoluta ao governador. Tudo tendo como parte deste sucesso as articulações que envolvem Soldado Sampaio.

WhatsApp Image 2019 03 31 at 13.09.24

(Acima, em solenidade do Governo do Estado, assinatura de parceria com Banco da Amazônia, governador anunciará seu novo Líder)

Extra oficialmente, o que sabemos é que Sampaio tem agenda marcada com Denarium nesta segunda, 1, de abril, onde tratará do assunto liderança. Sabemos que foi protocolado na ALE o ofício do Governo do Estado em que pede que se anuncie como Líder de Governo no  parlamento o nome do deputado Soldado Sampaio. Isto também se mantém. 

Uma fonte ligada ao Líder de Denarium diz que ele, por sua trajetória, se se manter Líder fará todo um trabalho por meio de apoiar uma agenda positiva para Roraima, ser o melhor intercâmbio entre os deputados e o governo; porém, caso tenha que deixar a Liderança, 'vida que segue', e ele não mudará o seu apoio ao governador Denarium, a quem tem respeito e quer ajudá-lo a reconstruir o Estado - 'sendo como líder ou não'.


Imprimir   Email