DAVID ALMEIDA E SUAS CERTEZAS...Feliz 2018!

...ANO ATÍPICO E CHEIO DE SURPESAS...

REDAÇÃO AgênciaNorte

www.agnorte.com.br

Por Marlen Lima

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), dep. David Almeida tem duas certezas. Uma é a de que este ano realmente foi atípico, por todos os seus acontecimentos, e nisto em ele ter sido alçado ao posto de governador, interinamente por cinco meses; e a outra coisa é que ele ainda não sabe dizer sobre que cargo concorrerá ano que vem no pleito eleitoral.

David Almeida diz isto porque justamente esta experiência de governar o Estado, ainda de forma tão curta, porém este período deu a ele um sentimento de estadista enorme, uma vez que ele conseguiu traduzir em tão rápido tempo o desejo real do povo amazonense, quando das suas andaças pelo Estado. Quase que diariamente como governador interino David rodou o Amazonas, visitando municípios, que jamais havia pisado, e dali  pôde ter uma fatídica, e triste, noção de como o povo do Interior vive. Muito esquecido. E foi nestes encontros com este povo, em que este também pôde sentir algo de diferente naquele governador que aparecia, tão jovem, magro, pequeno, mas, muito ágil em suas afalas e ações. 

David Almeida agiu como ninguém esperava de um governador interino, e dando ações governamentais para todo tipo de obra e atendendo a todo tipo de prefeito de partido e grupo que fosse, assim, ele incomodou muitos políticos, especialmente os do grupo que ele pertencia, onde figuravam o governador cassado José Melo (que até já foi preso por suspeita de corrupção) - David foi seu Líder na ALEAM; outro grande desafeto é o senador Omar Aziz que hoje é apontado como a próxima manchete de escândalo da operação 'Lava Jato', justamente por prática de corrupção, entre outros. Estes e outros mais viraram a cara para David Almeida, pois estão ainda desgostosos com os seus atos, e prometem revidar ano que vem. 

E é ano que vem que David Almeida afirma ainda não saber se vai concorrer a eleição, no caso buscando sua reeleição como deputado estadual, ou se vai do atual achismo do povo. Ou seja, de forma mais contundente, ele deva sair para uma disputa à cadeira de governador, já que como ele diz as pessoas lhe cumprimentam, e questionam se não vai voltar para o cargo de governador.

RECURSOS

Segundo David Almeida, a máquina estatal terá mais recursos, e muito mais poderá ser feito, e diante disto tem que ver que comportamento o atual governo terá, “porque o Estado terá um acréscimo de mais de R$ 800 milhões no orçamento de 2018 e já tem pronto para acessar mais R$ 300 milhões em empréstimo. Isso ajudará o Estado a avançar, a se desenvolver. Eu acredito que as perspectivas são bem melhores do que a do ano passado porque 2015 e 2016 foram anos muito ruins, onde foi estimada uma receita e ela não foi alcançada, ou seja, houve déficit. Em 2017, já teve superávit e 2018 com o país crescendo, a diminuição da inflação e das taxas de juros, eu acredito que haverá avanços”, observou o presidente da ALEAM.

RETORNO E DATA BASE

Ao retornar ao cargo para o qual foi eleito, presidente da Aleam, David Almeida diz que quer pagar a data-base de 2018 dos servidores da Casa, agora, em janeiro e que vai ainda trabalhar para quitar o débito referente à reposição salarial de 2016.

“Eu peguei a Assembleia num cenário difícil. Por conta de crise, a receita foi diminuída e o pagamento da data-base dos servidores de 2016 e 2017 não foi feito, além do abono do final de ano. Nós fizemos os ajustes necessários nos três primeiros meses, eu passei cinco no governo, e quando voltei já fizemos, na primeira semana, a recomposição salarial de 2017 e pagamos o abono do final de ano. A assembleia voltou a respirar. Nós não devemos mais nenhum fornecedor. Nós tínhamos divida de 2015 e 2016 e conseguimos quitar. No início do ano, o planejamento é pagarmos a data-base de 2018”, explicou.

 ELEIÇÕES

“Por onde eu ando, vejo que o povo aprovou o que fiz. Essa semana fui ao banco, na Sete de Setembro, e muitas pessoas me abraçaram, pediram para tirar foto.Quando eu saio na rua, o feedback é positivo por isso eu tenho certeza que fiz o que o povo queria que eu fizesse. Não tenho partido. Eu estou conversando, mas nada concreto. Não sei para o que vou concorrer. Isso vai ficar para maio e abril, onde faremos uma pesquisa para saber o que o povo quer, qual cargo devo concorrer. A estrutura política para fazer campanha no Amazonas é muito difícil, é muito cara. Confesso que tenho uma condição favorável, mas não tem nada decidido”, concluiu David Almeida, que como afirma tem conversado com muitos partidos, mas, alguns analistas e políticos dizem que ele deve ir mesmo para o PSB de Serafim Corrêa...Porém, daqui da Colina, esta Redação não acredita que o presidente da ALEAM feche com os Serafim, isto porque ele saiu de um partido que quando discordou do posicionamento do dono do partido, no caso Omar Aziz, foi cerceado nas suas ações, e isto não será diferente no PSB, que tem sob seu comando pai e filho com mãos de ferro, tendo estes total apoio na executiva nacional.

A verdade é que David Almeida precisa primeiro consolidar realmente o seu nome, ouvir o que realmente o povo quer, e o que ele pode fazer diante disto...Ele e seu pequeno grupo de aliados deve atentar para o caso de que está tudo muito longe da eleição, e o sorriso de hoje pode ser uma cara fechada amanhã...Outra, para se competir a um pleito eleitoral ao cargo máximo do Estado não é algo para aventureiros, para inexperientes e/ou afoitos. Estes invarialvelmente naufragam! 

David Almeida precisa ter cautela, pois o seu papel está bem claro hoje, que é o de ser um fiscalizador do Governo, e ajudar o Estado a continuar seu crescimento de forma firme, transparente, ética, dando ao legislativo a devida altivez, e isto já pôde ser comprovado possível, a ver as derrotas que o Governo Amazonino Mendes teve na ALEAM. A última do orçamento foi uma.

Sendo assim, em 2018 o presidente da Assembleia tem o trabalho de legislar, e pode ser, de repente que isto indique que ele deva contiuar legislando, porém, quem sabe numa Casa, que diretamente trata do Estado, o Senado Federal. 

Por fim, devemos lembrar que David Almeida é novo, tem muito fôlego, e o canto da sereia normalmente engana os marujos mais ensadecidos por um bailado que não existe, então, é necessário muita sabedoria para saber distinguir o que é voto e o que é apenas uma selfie.

O fim do ano está aí, e as certezas vagarosamente vão se confirmando, e assim deve seguir David Almeida, dando tempo ao tempo, e firmeza de propósitos...Feliz 2018!!

--

ban gov am

 

 

agnorte logo02

© 2015 Agência Norte Online. All Rights Reserved. Designed By HM